CONVOCAÇÃO PARA ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DA CATEGORIA

Em assembléia realizada no dia 24 de junho de 2016, ficou decidido por votação da maioria dos presentes a suspensão do movimento até o dia 15/07/2016. Essa decisão ocorreu após exposição dos últimos acontecimentos:Assinatura Termo de Compromisso 24.06 (1)

  1. Início das negociações com a equipe da SEAD sobre o Projeto que altera o PCCV dos Servidores da ADAPI e retirada dos servidores da Lei 6.772  para serem incluídos no seu PCCV específico.

  2. Assinatura do Termo de Compromisso entre o Diretor da ADAPI e os Presidentes das Entidades Representativas das Classes, comprometendo-se a melhorar as condições de trabalho nas diversas USAVs, EACs e PVAs, não perseguição dos servidores que participaram do movimento, exoneração de cargos fantasmas, devolução dos veículos usados de forma indevida, dentre outros pontos importantes.

  3. Cancelamento do processo de licitação que contrataria uma empresa para a realização de serviços que poderiam ser perfeitamente realizados pelos servidores do órgão.

Até o dia 15/07/2016 o movimento será reavaliado conforme os Avanços na Negociação.

 

assembleia-geralA DIRETORIA DA ASDAPI Sindical CONVOCA TODOS SEUS ASSOCIADOS A COMPARECER NA ASSEMBLÉIA GERAL DA CATEGORIA A SER REALIZADA EM FRENTE À ADAPI CENTRAL, NO DIA 24 DO 06 DE 2016, PRÓXIMA SEXTA. ÀS 9:00 HORAS EM PRIMEIRA CONVOCAÇÃO E AS 9:30 EM SEGUNDA CONVOCAÇÃO. ONDE SERÁ DECIDIDO JUNTAMENTE COM OS PRESENTES OS RUMOS DO MOVIMENTO, CONFORME OS ÚLTIMOS ACONTECIMENTOS. MAS UMA VEZ REITERAMOS A IMPORTÂNCIA DA PRESENÇA DE ASSOCIADOS DAS DIFERENTES REGIONAIS DO ESTADO PARA O QUE FOR DECIDIDO REALMENTE REPRESENTE O INTERESSE GERAL DE TODOS.

 

UM ABRAÇO A TODOS E FIQUEM COM DEUS…

GREGÓRIO JÚNIOR

PRESIDENTE ASDAPI Sindical

| 5 Comentários

DECRETADA GREVE GERAL A PARTIR DO DIA 18/05/2016 – QUARTA FEIRA

Assembleia 13.05.2016 (1) Assembleia 13.05.2016 (2)A ASDAPI SINDICAL DECLARA GREVE GERAL POR TEMPO IDETERMINADO A PARTIR DE 18/05/2016. DE ACORDO COM O QUE FOI DECIDIDO NA ÚLTIMA ASSEMBLÉIA REALIZADA EM 13/05/2016. POR VOTAÇÃO DA MAIORIA.

AS PRINCIPAIS PAUTAS QUE MOTIVARAM A DECISÃO FORAM:

  1. RETIRADA DA ADAPI DA LEI 6.772 DE 02 DE MARÇO DE 2016. QUE DIFICULTA A PROMOÇÃO DOS SERVIDORES. LEI INCONSTITUCIONAL POR FERIR A ISONOMIA ENTRE OS SERVIDORES.

  2. APROVAÇÃO DO INDICATIVO DO PROJETO DE LEI QUE ALTERA O PCCV DOS SERVIDORES DA ADAPI.

  3. MELHORIA DAS CONDIÇÕES DE TRABALHO. QUE HOJE SE ENCONTRAM PÉSSIMAS NA MAIORIA DAS USAVS.

  4. QUE OS CARGOS EM COMISSÃO DA ÁREA TÉCNICA SEJAM PREENCHIDOS POR SERVIDORES EFETIVOS DA ADAPI.

ORIENTAMOS AOS SERVIDORES DE CADA REGIONAL DO INTERIOR QUE CRIEM GRUPOS DE AÇÃO (COMPOSTO POR 3 A 5 PESSOAS). ESSES GRUPOS SÃO ESSENCIAIS AO SUCESSO DO MOVIMENTO. DEVENDO SEGUIR AS DETERMINAÇÕES DO COMANDO CENTRAL. BASICAMENTE FICARÃO RESPONSÁVEIS POR ORGANIZAREM MOVIMENTOS PERIÓDICOS EM FRENTE AS USAVS OU EM OUTROS LOCAIS PÚBLICOS. TAMBÉM ENTRARÃO EM CONTATO COM AS MÍDIAS LOCAIS A FIM DE DIVULGAR O MOVIMENTO. O CONTATO COM LÍDERES POLÍTICOS, DE ASSOCIAÇÕES, DE SINDICATOS, LÍDERES COMUNITÁRIOS É TAMBÉM ESSENCIALMENTE IMPORTANTE. NESSE CONTATO COM OS LÍDERES, PEDIR APOIO AO MOVIMENTO, EXPLICANDO AS CAUSAS E A IMPORTÂNCIA DA ADAPI.

ESSE APOIO PODE VIR DE VÁRIAS FORMAS COMO: DIVULGAÇÃO DO MOVIMENTO POR ESSE LÍDER NAS MÍDIAS LOCAIS, DISCURSO DE UM VEREADOR NA CÂMARA, DIVULGAÇÃO DO MOVIMENTO COM A SUA BASE E TENTATIVA DE FAZE UMA INTERLOCUÇÃO DO SINDICATO COM SETORES DO GOVERNO. PARTICIPAÇÃO DO LÍDER NOS MOVIMENTOS A SEREM ORGANIZADOS PELO GRUPO, DENTRE OUTROS APOIOS.

MAS UMA VEZ DESTACAMOS QUE O SUCESSO NO MOVIMENTO PODE NOS TRAZER GRANDES VITÓRIAS COMO A APROVAÇÃO DO NOSSO PROJETO QUE ALTERA O PCCV. PODENDO NOS DAR UM SALÁRIO REALMENTE CONDIZENTE COM A NOSSA IMPORTÂNCIA PARA O SETOR PRIMÁRIO DESSE ESTADO. E GARANTIR NOSSA ESTABILIDADE FINANCEIRA NO FUTURO.

MAS PARA OBTERMOS SUCESSO A PROATIVIDADE E PARTICIPAÇÃO DE TODOS É FUNDAMENTAL.

NÃO ESPEREM SÓ PELA DIRETORIA. 

LUTEM PELOS SEUS DIREITOS!

SEJAM PROATIVOS E GARANTEM SEUS FUTUROS!

LUTEM POR UMA DEFESA AGROPECUÁRIA FORTE QUE POSSAMOS SE ORGULHAR DELA!

E LEMBREM-SE: “QUEM NÃO LUTA PELOS SEUS DIREITOS NÃO É DIGNO DELES”

 

 

GREGÓRIO DA SILVA COSTA JÚNIOR

PRESIDENTE DA ASDAPI SINDICAL

| 1 Comentário

A ASDAPI SINDICAL PARABENIZA TODAS AS MÃES DA ADAPI

dia-das-maes-1336907569

É o que toda a Diretoria deseja as suas Grandes Guerreiras, que diariamente enfrentam desafios em casa como no trabalho.

| Deixe um comentário

PROPOSTA DE ALTERAÇÃO DO PCCV DA ADAPI COMEÇA A TRAMITAR NA ALEPI

 Georgiano Neto(Imagem:Lucas Dias/GP1)

Georgiano quer alterações no Plano de Cargos e Carreira da Adapi

O indicativo altera a lei de nº 6.309, de 30 de janeiro de 2013, que dispõe sobre o Plano de Cargos, Carreira e Vencimento dos servidores Adapi.

BÁRBARA RODRIGUES, DO GP1
Atualizada em 29/04/2016 – 16h14
O deputado estadual Georgiano Neto (PSD) apresentou na Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi), indicativo de projeto de lei que altera alguns cargos da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Piauí (Adapi).

O indicativo altera a lei de nº 6.309, de 30 de janeiro de 2013, que dispõe sobre o Plano de Cargos, Carreira e Vencimento dos servidores Adapi. Assim os cargos efetivos, vagos e ocupados de Fiscal Estadual Agropecuário e Técnico Estadual de Fiscalização Agropecuária da Adapi, ficam transformados, respectivamente, em Auditor Fiscal Estadual Agropecuário e Fiscal Estadual Agropecuário. Também ficam estabelecidas as funções de cada cargo e a forma de ingresso, que deve ser por concurso público, além de outras alterações.

Georgiano afirmou que a lei é um pedido da própria categoria. “As propostas visam adequar o Plano de Cargos da Adapi à realidade existente hoje em outros estados da federação, no que tange aos direitos e vencimentos e que a mudança na denominação dos grupos ocupacionais superior e técnico atendam as contribuições dos cargos, além de igualar com outros profissionais da área de fiscalização do Estado”, disse o deputado no pedido de aprovação da lei.

O deputado explica que é preciso haver uma melhoria salarial na categoria. “A defasagem salarial da Adapi vem desde o primeiro concurso do órgão e que mesmo com o advento da lei nº 6.309/2013, os vencimentos destes servidores continuaram os mais baixos do país, gerando desmotivação e descontentamento da classe”, afirmou.

O indicativo agora será analisado nas comissões técnicas e depois encaminhado para votação no plenário. Se aprovado, ainda precisa passar pela sanção do governador Wellington Dias (PT) para entrar em vigor.

| Deixe um comentário

MODELO DE DOCUMENTO PARA SOLICITAR A VACINAÇÃO DOS SERVIDORES

Ofício 21. Vacinação da gripe

| Deixe um comentário

CONVOCAÇÃO PARA ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

A ASSSEMBLEIA A SER REALIZADA NO DIA 13, OCORRERÁ NO AUDITÓRIO DO COLÉGIO AGRÍCOLA, MESMO DIA E LOCAL.

EM CONSULTA COM A DIRETORIA E DEMAIS ASSOCIADOS A ASSEMBLEIA SERÁ REMARCADA PARA O DIA 13/05/2016. EM MESMO HORÁRIO E LOCAL.

A DIRETORIA DA ASDAPI SINDICAL CONVOCA TODOS OS SEUS ASSOCIADOS A PARTICIPAREM DA ASSEMBLÉIA  EXTRAORDINÁRIA A SER REALIZADA, NO AUDITÓRIO DO CEREST, NO DIA 29/04/2016 REMARCADO PARA 13 DE ABRIL (SEXTA), ÀS 08:30 HORAS EM PRIMEIRA CHAMADA  E ÀS 09:00 HORAS EM SEGUNDA CHAMADA, TENDO COMO PAUTA:

– ANDAMENTO DA MINUTA DO NOSSO PROJETO DE LEI, QUE ALTERA O PCCV;

– DISCUSSÃO SOBRE A LEI 6.772  E DEFLAGRAÇÃO DE MOVIMENTOS CONTRA ELA.

 

GREGÓRIO DA SILVA COSTA JUNIOR
ASDAPI SINDICAL – PRESIDENTE

| Deixe um comentário

ATA DA ASSEMBLÉIA EXTRAORDINÁRIA DA ASDAPI SINDICAL REALIZADA DIA 01 DE ABRIL DE 2016

Ao 01 dia do mês de abril do ano de 2016, às 9h30min, em segunda convocação, no auditório do Colégio Agrícola de Teresina, em Teresina, Estado do Piauí, reuniram-se em Assembleia Geral os Servidores da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Piauí, na qual tratou-se da pauta prevista no ato de convocação de 18/03/2016:
I – a leitura artigo por artigo e as respectivas discussões, propostas e votações do esboço das alterações ao Plano de cargos, carreiras e vencimentos dos servidores da ADAPI. A Assembleia Extraordinária foi presidida por Gregório, Presidente do Sindicato, que iniciou os trabalhos explicando a metodologia da discussão das alterações do plano anteriormente citado, qual foi: leitura artigo por artigo seguida de discussão, proposta de modificação e aprovação. Foram feitas as seguintes alterações:
  • na nomeclatura do Grupo Ocupacional Técnico que passa a ser “Fiscal Estadual de Fiscalização Agropecuária”;
  • no art. 3º, para incluir o termo “auditoria” às atribuições do cargo de Auditor Fiscal Estadual Agropecuário;
  • na alínea “b”, do inciso XVIII, do art. 3° para incluir o termo “multa” às atribuições do cargo;
  • no art. 4º, para posicionar o termo “fiscalização” às atribuições do cargo de Fiscal Estadual Agropecuário;
  • na alínea “b”, do inciso VIII, do art. 4° para incluir o termo “e multa, de acordo com a legislação” às atribuições do cargo;
  • no inciso I, do art. 5°, para incluir o curso de “Biologia” (3 vagas) aos cargos de Auditor Fiscal Estadual Agropecuário;
  • no art. 13-C, para incluir o termo “matadouros, estabelecimentos sob inspeção estadual”, para incluí-los aos que fazem jus à gratificação de barreira.
Nada mais havendo a tratar, foi lavrada e assinada por mim, Francisco das Chagas Sousa Lima, a presente ata, com a relação de presentes anexada.
O TEXTO FINAL DA PROPOSTA ENCONTRA-SE DISPONÍVEL NOS ATALHOS ÚTEIS DO BLOG OU NO LINK > (PROJETO FINAL). 

Gregório da S. Costa Júnior

Presidente

 

 

 

| Deixe um comentário