CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLÉIA EXTRAORDINÁRIA PARA 19/06/2017

O Presidente do Sindicato dos Servidores Efetivos da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Piauí – ASDAPI Sindical, Gregório da Silva Costa Júnior, no uso de suas atribuições estatutárias, vem convocar todos os servidores efetivos do referido órgão, para uma Assembléia Geral Extraordinária a ser realizada em Frente a ADAPI CENTRAL, no dia 19 de JUNHO de 2017 às 8:00 em primeira chamada e às 8:30horas em segunda e última chamada. Onde apresentaremos a proposta oferecida pelo Governo e se decidirá por uma contra-proposta e pela continuação do movimento ou não, segundo a decisão da maioria dos presentes. 

| Deixe um comentário

ATA DA ASSEMBLEIA EXTRAORDINÁRIA REALIZADA EM 12/05/2017

ATA DA ASSEMBLEIA ORDINÁRIA DO SINDICATO DOS SERVIDORES EFETIVOS DA AGÊNCIA DE DEFESA AGROPECUÁRIA DO ESTADO DO PIAUÍ

Aos doze dias do mês de maio de 2017 estiveram reunidos os filiados do Asdapi/Sindical e outros servidores no Auditório do LACEN. Na pauta os seguintes temas: 1) ARTs; 2) Processo de insalubridade dos novatos; 3) Horário dos barreiristas; 4) Plano de cargos, carreiras e salários.

Iniciando com o tema 1 (ARTs) o Presidente Gregório esclareceu que em conversa com os diretores da ADAPI ficou estabelecido que a própria Agência irá pagar as ARTs dos servidores que estão com suas anuidades quitadas; Quanto ao tema 2 (processo de insalubridade dos novatos) Gregório comunicou que todos os recursos administrativos feitos pelo Sindicato foram indeferidos com a mesma justificativa, uma espécie de copia e cola por parte da Procuradoria do Estado, e que os processos administrativos estavam na assembleia a disposição dos servidores envolvidos e interessados; Quanto ao tema 3 (horário dos barreiristas) Gregório comunicou que o acordado com a ADAPI é que o horário seria 48 por 144 horas, isto é, dois dias de trabalho e seis de descanso. Além disso os casos de falta do ponto eletrônico seriam analisados individualizados; Quanto ao tema 4 (plano de cargos, carreiras, salários e vencimentos) o Presidente Gregório falou que o Governador quando da abertura da campanha da aftosa garantiu que o governo elaborará um decreto regulamentando a produtividade dos servidores da ADAPI; o Presidente, porém, acha que esse decreto nesse momento é perigoso, porque o mais importante é a aprovação do plano e que a intenção do governo é desviar a atenção do mesmo; o Servidor Isaias, Agrônomo do EAC de Guadalupe, falou que os vencimentos dos servidores estavam defasados e que o Governo está enrolando; A servidora Simone afirmou que o governo está querendo estabelecer as metas dos servidores; Lembrando que a USAV de Simões, por meio do servidor Pierote, enviou um documento onde consta a opinião e as ideia daquela unidade (documento em anexo); O Presidente Gregório comentou que se for para decidir por uma greve o melhor seria uma greve com um prazo estratégico,  para o servidor Isaias o prazo dado ao Governo para aprovar o plano deveria ser próxima semana; Dário, Veterinário Usav de Nazária, assumiu a palavra para dizer que a greve não pode ser prolongada e tem que ser estratégica; o filiado Renam acredita que a data de 31/05/2017 é suficiente para o governo aprovar e sancionar o plano de cargo da ADAPI, continuou afirmando que o Estado do Piauí não pode alegar falta de dinheiro, pois está terceirizando serviços e empossando servidores comissionados; o Servidor Zé Carvalho, Agrônomo da Gerência Vegetal Escritório Central, asseverou que o plano é fundamental e é uma garantia. Falou ainda que o plano deve ser a prioridade e que a reforma da previdência vai atingir todos os servidores; o filiado Giovani, EAC de Matias Olímpio, diz que o Governador está mentindo e que deveria estipular um prazo envio e aprovação do plano e que os servidores da ADAPI deveriam se unir mais; O Presidente Gregório fala da reunião da UNAFA em Brasília, onde se objetivou a criação de uma federação para fortalecer a luta da categoria que trabalha na defesa agropecuária; Dário assumiu a palavra novamente e diz que além de deliberar sobre a greve, devemos estipular estratégias de como agir durante um eventual movimento paredista. Comentou também sobre as opções trazidas pelo Isaias que estas devem ser bem avaliadas; A filiada Carol, Veterinária da Usav de Teresina, diz que a certificação é feita manualmente, mas quando o governo sinaliza qualquer coisa em relação ao plano todos os servidores começam a lançar os dados no SIAPEC imediatamente, falou, ainda, que o grande erro é que o servidor volta da greve só porque o governo sinalizou, sem sequer apresentar algo de mais concreto; o Filiado Francisco, EAC de Demerval Lobão, sugere que as ações deveriam ser regionalizadas, podendo, assim, fortalecer as regiões e trazer melhores resultados; Alan, PVA de Jorrante Urucuí, fala dos convênios da ADAPI, que prejudicam o movimento, pois fornecem técnicos e condições de trabalho e que aumentam as cobranças; Albino, USAV de Floriano, diz que terá evento no seu município e que os técnicos sofrem assédio nos movimentos; Agricola, Usav de Canto do Buriti, diz que a ASDAPI deve fiscalizar os servidores cedidos por prefeituras e pedir ao Governador abertura de vaga por concurso público, pois os concursados deveriam assumir os lugares dos cedidos. Agrícola se diz pessimista e que não vê melhoria no futuro; Francisco diz que cada região analisa o que pode fazer e segue essa atividade com a finalidade de fortalecer o movimento; Gregório afirma que entende as dificuldades, mas que não podemos fraquejar, pois esse Governo pode estar se utilizando de estratégias para não aprovar o PCCV dos servidores esse ano; Ivo, Usav de Teresina, diz que devemos estipular prazo para o Governador para aprovar o plano na Assembleia e depois sancionar no Karnak; Isaias, fala que os agrônomos tem restrição legal de função, assim os conveniados não podem assumir sua função; Karlyson, Usav de Teresina, cita que devemos observar as estratégias dos grandes sindicatos e tomarmos como modelo nas ações deles. Diz que o Governador amarrou o plano da ADAPI a outros planos de cinco entidades, dificultando, assim, a aprovação desse pacotão; Dário diz que devemos estabelecer estratégias e que temos que ter cuidado com os movimentos para não fazer nada ilegal. Fala das retaliações sofridas pelos funcionários; Isabel, da Inspeção animal, comentou que devemos ter cuidado com o movimento; no passo seguinte o Presidente Gregório assumiu a palavra para encaminhar e coordenar as votações e tomadas de decisões: primeira pergunta: A assembleia é a favor do decreto do governo sobre a gratificação de produtividade dos servidores da ADAPI? Votação: unânime para o não; segunda pergunta: Quem aceita só plano e não o decreto? Votação unânime para o sim; terceira pergunta: greve ou não? 1 voto contra o movimento grevista e 56 a favor do movimento paredista; quarta pergunta: Indicativo de greve estabelecendo o prazo para aprovação e sanção do plano até o dia 25.05.2017 depois entrando de greve? Votação: 11 a favor, 1 abstenção e 45 votos contra; quinta pergunta: Indicativo de greve estabelecendo prazo para o dia 31.05.2017 para aprovação e sanção do plano de cargo e entrando de greve logo depois dessa data? Votação: abstenção 1, contra 11, a favor 45.

Portanto, ficou decidido que o Governo tem até o dia 31.05.2017 para encaminhar, aprovar e sancionar o plano de cargos, carreiras, salários e vencimentos da ADAPI, caso contrário, a categoria declarará greve a partir do 1º de junho do corrente ano.

Por assim, eu, Gregório da Silva Costa Júnior sanciono a referida Ata elaborada pelo segundo secretário da ASDAPI Sindical Francisco das Chagas Sousa Lima.

| 2 Comentários

PARABÉNS AS MÃES QUE FAZEM A DEFESA AGROPECUÁRIA DO PIAUÍ

 

A ASDAPI SINDICAL DESEJA UM GRANDE DIA DAS MÃES A TODAS ESSAS GUERREIRAS DA ADAPI QUE TODO DIA LUTAM PELA NOSSA VALORIZAÇÃO PROFISSIONAL SEM ESQUECEREM DOS  CUIDADOS COM OS ENTES DA FAMÍLIA.

| Deixe um comentário

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLÉIA EXTRAORDINÁRIA

O Presidente do Sindicato dos Servidores Efetivos da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Piauí – ASDAPI Sindical, Gregório da Silva Costa Júnior, no uso de suas atribuições estatutárias, vem convocar todos os servidores efetivos do referido órgão, para uma Assembléia Geral Extraordinária a ser realizada em Frente ao Palácio de Karnak, no dia 12 de maio de 2017 às 8:00 em primeira chamada e às 8:30horas em segunda e última chamada. Onde se tratará das seguintes pautas:1) Deliberação de Greve dentre outras Estratégias de Movimento pelo não cumprimento do Acordo por parte do GOVERNO sobre o PCCV dos Servidores 2) Outros assuntos de Interesse da Categoria.

Teresina 06 de maio de 2017

Gregório da Silva Costa Júnior

Presidente da ASDAPI Sindical

Rua Barroso, Ed. Honório Raulino Saraiva, Sala 204, n° 1205, Centro-Norte, Teresina, PI

CEP: 64.000-130, fone: (86) 3221-6122/3232-5816/ 99469296.

CNPJ: 23.962.341/0001-43

| 1 Comentário

R$ 372 MILHÕES: Governo W.Dias vai contratar 8.559 terceirizados para 49 funções; EDITAL DA LICITAÇÃO

Código do Poder

licitacaoterceirizados8.559 VAGAS NA TERCEIRIZAÇÃO – Foi dada a largada para a escolha das empresas interessadas em fornecer mão-de-obra terceirizada para administração estadual do Piauí. O edital daSecretaria de Estado da Administração e Previdência– SEADPREV/PI para 49 lotes (ou funções) foi publicado e as propostas só poderão ser encaminhadas até o dia 12 de maio. A abertura será no dia 24 de maio.

EDITAL COMPLETO AQUI

Ao todo estão em disputa 8.559 funções, em contratos que totalizam uma estimativa de R$ 30,89 milhões por mês, ou até R$ 372 milhões/ano. Os contratos poderão ser reajustados após 12 meses e os funcionários terceirizados serão lotados em todo o Piauí nos órgãos estaduais.

Essa é uma das maiores licitações do ano e promete ser das mais disputadas, já que boa parte dos cargos são indicados por padrinhos políticos. Os custos por cada função (salário, encargos, lucro das empresas) variam de R$…

Ver o post original 77 mais palavras

| Deixe um comentário

Asdapi Sindical Apoia Paralisação Nacional Contra a Reforma da Previdência

Imagem | Publicado em por | Deixe um comentário

Dia 28 de Abril 2017 – Paralisação Nacional Contra a Reforma da Presidência

| Deixe um comentário